Secretarias e Órgãos

Acesso Rápido

Do que você precisa?
Telefones úteis

Redes Sociais

Página Inicial
Com apoio da Funcap, Nutec desenvolve projeto de concreto sustentável PDF Imprimir E-mail
Qua, 09 de Maio de 2018 09:16

Em grandes cidades brasileiras um fenômeno já se tornou parte da rotina: em períodos de chuvas intensas, é grande a incidência de inundações. Este problema, que vem sendo potencializado nos núcleos urbanos ano após ano, tem vários fatores que explicam sua causa. Um dos principais é a falta de permeabilidade dos solos, devido ao alto índice de pavimentação e à dinâmica dos sistemas de drenagem.

Com o objetivo de contribuir, através de uma alternativa simples e acessível, para os esforços que têm sido empreendidos para amenizar os alagamentos em meios urbanos, um grupo de pesquisadores do Núcleo de Tecnologia Industrial do Ceará (Nutec), desenvolveu uma nova fórmula de concreto poroso com alta capacidade de permeabilidade e fabricado a partir de resíduos da construção civil. A pesquisa conta com o apoio da Funcap através de bolsas de iniciação científica para os estudantes da equipe.

De acordo com o grupo de pesquisa, uma das principais vantagens do novo material é a sustentabilidade, já que ele é composto de resíduos que hoje são descartados e vão para aterros. Eles asseguram que a fórmula, em testes que estão sendo realizados, tem conseguido garantir permeabilidade e durabilidade equivalentes às do concreto poroso convencional, que utiliza agregados extraídos diretamente da natureza. A porosidade do novo concreto é obtida através da elevada quantidade de agregados graúdos associada a uma baixa relação água/cimento e à menor utilização de agregados finos como areia e cascalho.

A expectativa é de que o novo concreto permeável seja viabilizado como um substituto sustentável do concreto poroso que é utilizado atualmente, diminuindo a extração de materiais da natureza, como pedra, areia e cascalho, e dando um destino ecologicamente correto para os resíduos. Sua aplicação pode ser bastante diversificada. Produzido em blocos com 20 cm de comprimento, 10 cm de largura e 5 cm de altura, ele pode ser usado, por exemplo, em ciclovias e calçadas, na urbanização de praças e em estacionamentos.

Em relação ao custo, como é produzido a partir de material reciclado, o concreto permeável desenvolvido pela equipe do Nutec, é aproximadamente 36% mais barato que o convencional. Um bloco do primeiro custa cerca de 18 centavos, 10 a menos que o bloco deste último.

De acordo com os pesquisadores, a entrada do produto no mercado depende de investimentos para sua produção em massa, o que deve ser tentado junto à iniciativa privada quando terminar a fase de testes. Não há datas definidas para isso, no entanto.


Equipe de desenvolvimento do produtoPesquisadores principais- Esequiel Mesquita- Ari Clecius
Bolsistas- George Wyllyans de Oliveira Gomes (Faculdade Ari de Sá)- João Lucas Medeiros (Centro Universitário Estácio)- Gilson de Oliveira Galdino (IFCE – Campus Quixadá)

Última atualização em Qua, 09 de Maio de 2018 14:22
 

Calendário

Maio 2018
D 2a 3a 4a 5a 6a S
29 30 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31 1 2